WebSeo
align="center" estilo="margem-fundo: 0.28cm; linha-altura: 108%"> A dieta, do latim diaeta, por...
WebSeo
2018-09-25 15:17:21
WebSeo logo

Blog

Perda de peso: estratégias alimentares bem sucedidas

  • photo

align="center" estilo="margem-fundo: 0.28cm; linha-altura: 108%"> A dieta, do latim diaeta, por sua vez, do grego δίαιτα, dìaita, "modo de vida"

não é importante comer menos, mas consumir mais

A ciência moderna dos alimentos averiguou como não sempre o aumento da gordura corporal está ligado apenas à hiperalimentação. Esta frase vai sem dizer abranger toda uma série de situações que são verificadas em casos de falha dos objetivos relacionados à perda de gordura corporal. Uma característica da gordura é que um isolante térmico excepcional é uma proteção para o nosso corpo quando está frio lá fora; em caso de frio externo, nosso corpo tende a ingerir mais calorias do que carboidratos e no limite de proteínas; A gordura serve apenas para nos proteger. Claro que não é suficiente para se cobrir bem em uma sala, o sistema nervoso não é tão estúpido e nós absolutamente não devemos confundir perda de peso com desidratação. Para uma análise objetiva e facilmente verificável, há pessoas que consomem quantidades abaixo da média, mas não apenas perdem peso, mas também têm tendência a acumular gordura. Esta situação nos dá a confirmação da inutilidade do cálculo matemático simples para o qual seria suficiente remover 300-500 cal por dia da exigência metabólica para obter a perda de peso desejada. Uma das causas de um aumento no percentual de massa gorda do corpo é a melhoria da qualidade de vida com a disponibilidade de alimentos a qualquer hora do dia e a tecnologia que levou o homem a se mover cada vez menos, favorecida pelos sistemas de transporte e movimento cada vez mais refinado (carros, elevadores, escadas rolantes). Pense nos nossos pais e avós como um exemplo para entender o quanto a vida deles era mais exigente que a nossa do ponto de vista da atividade física.

Características gerais para obter uma boa perda de peso e as estratégias para obtê-lo:



1) dieta balanceada com todos os macronutrientes presentes, personalização que leva em consideração o biótipo hormonal, anamnese e estilos de vida profissional

2) atividade física constante com a escolha de um personal trainer preparado e disponível.

3) atitude mental positiva e motivada ajudada também pelo ambiente circundante.

ESTRATÉGIAS:

1) Nunca pesar alimentos de forma estritamente vinculativa : na maioria dos casos é é útil fazê-lo apenas na primeira vez, após o que seria bom deixar-se levar por uma quantidade guiada pela visão, ou melhor, aderir a uma dosagem mais visual, de modo a não generalizar ainda mais o estresse.

2) considere o planejamento de um dia de livro por semana: é uma espécie de dia premium, de gratificação pelo trabalho realizado durante a semana, isso permite acima de tudo ter uma recarga de carboidratos e um prêmio semanal. Normalmente, é dado um livro por dia, no qual é possível comer qualquer alimento, porque, na realidade, em um único dia, é difícil derrubar o destino metabólico que foi estabelecido nos dias anteriores. Muitas vezes as constantes mini-concessões diárias são muito mais perigosas: o chamado "provador".

3) Defina metas viáveis ​​ : não 4-5 kg ​​em 10-12 dias, mas objetivos mais no escopo especialmente do ponto de vista temporal: 3-6 semanas com objetivos de 2-2,5 kg.

4) Coma devagar e levante-se da mesa nunca saciado : o sintoma de saciedade sempre vem em um segundo momento comparado ao momento em que levamos a comida. Para que os primeiros sinais de saciedade cheguem ao cérebro, eles devem passar cerca de 20 minutos a partir do momento em que começam a comer. A saciedade é uma resposta neurológica controlada por regiões específicas do cérebro. Depende de alguns hormônios, leptina e grelina. Mastigar lentamente pode, portanto, ajudar a conter o excesso de alimentos desnecessários.

5) Divida as refeições em 4-6 por dia : isso nos permite obter isso que é comumente chamado de "insulina calma". Os níveis de glicose no sangue sempre permanecem estáveis, não apresentando picos que possam levar ao consumo excessivo de alimentos, favorecendo a transformação do excesso de calorias em armazenamento.

6) Tenha um momento fixo de comparação a comparação : neste aspecto aqui é que o trabalho do O nutricionista, em primeiro lugar, e o personal trainer em secundis podem ter um papel realmente importante em verificar se a programação está indo da maneira certa ou possivelmente mudando alguma coisa (sem jamais dramatizar quaisquer falhas).

7) Evite pesar-se mais de uma vez por semana : na minha experiência em vários centros de fitness I isso acontece para ver os alunos que muitas vezes eles entram na escala. São sujeitos que se pesam continuamente com a esperança de pesar menos, levando em conta nem massa muscular nem estrutura óssea, esperando pesar cada vez menos. O resultado é um aumento no estresse (desconforto) que leva a uma falha psicológica no caso de valores não realizados.

8) Não confie apenas na balança, mas conte com uma avaliação antropométrica e bioimpedentiométrica : como eu Acontece muitas vezes que os sujeitos que são treinados sobretudo para o aumento do tônus ​​muscular, após a primeira semana, têm um aumento de peso principalmente devido à estimulação da massa magra que acontece através dos exercícios propostos. O peso na escala pode parecer o mesmo, mas do ponto de vista visual e prático, a aparência e o tom são melhorados visualmente.

9) Opte por alimentos aceitáveis, fáceis de encontrar e com preparação simples para cozinhar : a comida funciona um papel anti-stress para o qual, do ponto de vista psicológico, é fundamental. A possibilidade de comer alimentos que é favorável para nós é importante porque infunde serenidade, contentamento e satisfação. nosso humor será, sem dúvida, muito alto, criando assim uma situação favorável à perda de peso.

10) Em caso de ataques de fome, é sempre útil tentar se distrair: este é o caso exemplo de fins de semana, ou daqueles momentos "mortos" em que nossos pensamentos podem ir única e exclusivamente à comida; Nesse caso, é útil usar todos os processos de distração psicológica, como sair de casa, ler um livro, assistir a um filme.

11) Evite todas as situações estressantes, na medida do possível : sabemos muito bem que o estresse, em No caso dos processos de perda de peso, é um fator negativo que pode retardar ou mesmo interromper o próprio processo de perda de peso, causando um aumento nos níveis de cortisol cortisol.



Diversificação de estratégias alimentares : O nutricionista tem a tarefa de variar as quantidades e a qualidade dos alimentos, tanto quanto possível, para não criar uma fase de estase e adaptações negativas. Por esta razão, alternar vários tipos de alimentos mensalmente ou semanalmente também pode ser um suporte válido à luz do fato de que não há dieta ideal.

E finalmente:

@página {margem: 2cm} p {margem-fundo: 0,25cm; direção: ltr; altura da linha: 115%; texto-alinhar: esquerda; órfãos: 2; viúvas: 2}

À luz de todas as considerações que fizemos, podemos dizer que não existe uma dieta ideal para todos, mas uma dieta que deve ser personalizado sobre a pessoa a partir do biótipo, a anamnese e a escolha da atividade realizada, bem como da vida profissional cotidiana. Pode haver casos em que não é possível respeitar determinadas regras alimentares e aqui entra em jogo o bom senso do sujeito que terá que escolher entre os tipos de alimentos aqueles que, comparados com as calorias, considera inferiores conforme as orientações dadas pelo próprio nutricionista ou personal trainer

ARTIGOS RELACIONADOS